19 de janeiro de 2009

Desafio: Um Texto Sem a Letra A

letra a

Sabemos que as vogais na língua portuguesa representam o chamado "cume silábico", ou seja, qualquer sílaba tem de possuir uma vogal, quer tenha consoante ou não, sendo essa vogal o segmento fonético pronunciado com maior intensidade.

Pois bem, você seria capaz de pronunciar, imediatamente , sem pensar muito, uma palavra que não tenha a letra “A”? Não é muito difícil, mas e um texto que não contenha a letra “A”?

Estava organizando e selecionando algumas revistas que coleciono e encontrei um artigo interessante,na revista "língua portuguesa", sobre um desafio lançado por um professor em 2005, ao auxiliar financeiro Magno Alves de Araújo: prozir um texto sem utilizar a letra “A”. Tarefa nada fácil, mas eis o texto:

“Tudo requer muito equilíbrio psiclológico, pois o nosso viver, o nosso mundo, tudo que se move, se bebe, que se come e dorme requer o devido equilíbrio. E equilíbrio é sempre um jeito de ser. Um pensamento moderno deste novo século é o de que é preciso “ser”. Eu me pergunto:”Eu sou? Estou? Eu existo? Eu quero? Eu vivo?”

-Sim! Eu vivo! – É só o que sinto. Vivo num mundo sofrido, pobre de espírito, poderoso, sem motivos nem objetivos. Pode ser novo ou velho, rico ou pobre, solteiro ou viúvo, feliz ou triste.

Vivemos sós e nenhum de nós persiste muito em viver, em querer, no nosso compromisso um com o outro, no motivo...que motivos temos em nosso mundo com gente morrendo de fome, de sede, com suicídios, enfim, mortes e mortes e mortes. Entendeu? Nem eu.”


Achei que o texto vinha ao encontro dos interesses tratados nesse blog, já que o "brincar" com a língua é o que mais apreciamos. E você? Aceita o desafio?




Arquivo Cultura de Travesseiro:
Português I
Português II
Português III
Literatura I

20 comentários:

  1. TEM UM "A" AÍ NO MEIOO!!!
    "...Um pensAmento moderno deste..."

    ResponderExcluir
  2. Nossa, sabe que nem eu tinha me dado conta deste "A"...olha que li, reli, digitei e nada. Parabéns pela sua percepção e obrigada pela sua visita e participação.

    ResponderExcluir
  3. vc teria como escrever mais textos como esse?
    pq gostei dessa brincadeira e também para um trabalho que preciso
    obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mais eu pelo contrario ñ ajudou

      Excluir
  4. Existe um A na quarta linha do primeiro verso

    ResponderExcluir
  5. olá, realmente este exercício de escrita é bastante estimulante, tanto que eu tb tentei parcipar: http://www.jefferson.blog.br/2010/05/texto-sem.html

    1 abraço

    ResponderExcluir
  6. colocou aí no texto a palavra Um "pensamento"nela contem a letra A

    ResponderExcluir
  7. EU ACHEI INCRÍVEL A OBSERVAÇÃO DO ANÔNIMO, POIS EU REALMENTE NÃO CONSEGUI OBSERVAR A LETRA A EM NENHM LUGAR DO TEXTO. ISSO PROVA QUE SOMOS INDUZIDOS PELO TEMA DO ESCRITOR , E ACREDITAMOS PIAMENTE, ATÉ QUE OUTRO MAIS CRÍTICO E DETALHISTA NOS ALERTE PARA OUTRO DIRECIONAMENTO.
    FANTÁTICO!APRENDI COM ESSA UMA LIÇÃO!
    CICI

    ResponderExcluir
  8. Escrevi um livro sem a letra A. Ele se chama A- (lê-se Anegativo). Veja o
    PRÓLOGO
    Um livro surpreendente.
    Diz de um filósofo que emerge e sucumbe em seus conceitos teóricos e ressurge como um ícone incompreendido.
    Seus conhecimentos, ensinos e conteúdos podem muito nos dizer sobre questões do existir, sobre o Ser e sobre o universo dos homens.
    Foi escrito de modo que um dos signos do nosso uso comum (o A) fosse excluído e que, mesmo com esse jeito diferente de escrever, houvesse o entendimento do conteúdo nele exposto.
    É com muito gosto que ofereço este texto... E espero que gostem, pois gostei de escrevê-lo e quero crer no seu percurso promissor no mundo dos novos escritos.
    Bom divertimento e, em breve, nos veremos, de novo, em um outro delírio de escritor que quer o diferente, o novo, o (im)possível como desejo.

    Se quiser escrever dizendo se curtiu: psicologo@ricardomardegam.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi, gostei muito do texto, mas eu observei um pequeno erro, no primeiro texto, na quarta linha, a palavra pensamento possui um A!

    Mas, a idéia foi ótima, só esse errinho, fácil de consertar para você...

    Só isso vlw!!!!

    ResponderExcluir
  10. Além de artigos sem a letra "A", que aliás, não são novidades para mim, (conheço alguns publicados há muitos anos atrás no "Almanaque Fontoura", que era uma publicação anual patrocinada pelo Biotônico Foutoura. Alguém lembra dele?), podemos fazer os seguintes exercícios com a nossa língua pátria: escrever uma frase (com sentido, lógico), começando a primeira palavra com a letra "A". a segunda com a letra "B", a terceira com a "C", e assim por diante, até a letra "Z".
    Agora, experimente fazer ao contrário: Comece com a letra "Z" até a letra "A".
    Sei que é inteiramente possível.
    Quem conseguir, favor postar neste Blog (com licença da autora, é claro!!)
    Boa diversão!!!

    ResponderExcluir
  11. "Sem querer querendo" encontrei-me nesse momento nesse site, onde li com muito gosto esse texto muito bom...Sempre que posso excercito esse poder incrível que consegue que eu me instigue e me force escrever sem o dígito proibido...é muito bom!...

    ResponderExcluir
  12. muito bom me ajudou com um trbalho de escola....

    ResponderExcluir
  13. achei legal,mas a intensao era ter um texto sem a letra A pois no primeiro paragrafo da quarta linha tem a palavra 'PensAmento'pois tem a letra A entao me desculpe esse site e texto que nao tem a letra A

    ResponderExcluir
  14. encontrei um pequeno erro na prmeira estrofe na quarta linha PENSAMENTO mas esta bom ve se na proxima vez nao erre

    ResponderExcluir
  15. meu Deus! tem sim uma letra "a" (pensAmento)que texto ruim...

    ResponderExcluir
  16. tem um a em pensamento

    ResponderExcluir
  17. essa mulher é loca tem a em pensamento sua burra

    ResponderExcluir
  18. Querida amiga. Um texto escrito propositadamente sem uma letra chama-se Lipograma!

    wikipedia:
    "Um lipograma (do grego lipo, "deixar, retirar") é um texto escrito em que, propositadamente, não entram determinadas letras do alfabeto, é um tipo de Escrita constrangida; Torna-se mais interessante e difícil se for suprimida uma vogal.

    Além de ser uma regra de constrição para a produção seguida por participantes do Oulipo, o lipograma é também um exercício, no qual uma obra ou pedaço de obra é usada como base, sendo necessário reescrever as idéias do texto sem as mudar ou mudando-as no mínimo, para deixar de usar uma letra.

    Georges Perec (1938-1982), membro do Oulipo (grupo dedicado a jogos verbais e literários), escreveu o romance La Disparition ("O Desaparecimento") omitindo a vogal "E", a mais usada no francês."

    Jinhos!

    ResponderExcluir

PARTICIPE! COMENTE ESTE POST...